terça-feira, 18 de agosto de 2015

Jeito

Mas essa tal sociedade
Que se diz dona da verdade
Ditando sexo, tamanho, idade
E dando um selo de "qualidade"
Esta mesma não te merece
Por julgar como você parece
E, de atenção, não carece
Pois nada de bom te oferece

E se você ouviu de alguém
Que você não tem mais jeito
Eu lhe digo que sim, tem
Tem um seu, de respeito
E que pode bater no peito
Pois é seu, e de mais ninguém

Doug Álisson

14 comentários :

  1. Que lindo, amei ler aqui, é bem assim, não se deve deixar que a sociedade nos diga como somos, pois essa nos vê pela superficialidade!
    Abraços e obrigada pelo carinho lá no meu espaço, aceitando o seu convite, aqui estou lhe parabenizando pelo lindo blogue! Sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Oi Douglas,adorei seus versos e estou aqui aceitando também seu convite e lhe seguindo.
    Desejo sucesso ao seu blog.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. OI DOUGLAS!
    OBRIGADA PELA VISITA LÁ NO "SÓ PRA DIZER", VIM RETRIBUIR E JÁ ESTOU TE SEGUINDO.
    TAMBÉM GOSTEI DE TEUS ESCRITOS, VOLTAREI.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Zilani.
      Volte sempre.
      Abraços.

      Excluir
  4. Obrigada pelo carinho Állison!

    ... seu link também estará na lateral do meu blog...

    Beijos!

    Nanda

    ResponderExcluir
  5. Oi Douglas...

    Também gostei muito do seu blog.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  6. Pior que a sociedade ditar são as pessoas aderirem isso.
    Pode recomendar o blog sim querido

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pela visita! Adorei o seu blogue, vou seguir! :)

    Beijos,
    http://lovingmypinkbubble.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Liliana.
      Beijos e volte sempre.

      Excluir