terça-feira, 24 de novembro de 2015

Resolvi me Entregar

Meu plano de esquivar falhou
Não deu. Fui fraco. Não resisti
Você, sem querer, me conquistou
Então nessa armadilha eu caí

Lembro quando você falou comigo
Lembro do nosso primeiro abraço
Então depois virei seu amigo
Mas queria dar mais um passo

Resolvi me entregar
Então vou mesmo te amar
Sei que vou me machucar
Mas essa dor vai cicatrizar
Se não agora, talvez depois
Pois com o amor é assim
Se não é dividido pelos dois
Acaba tendo um fim

Mas vai que esse fim demora
Então desse amor não vou correr
Então fique sabendo, por agora
Que, sim, eu amo você

Doug Álisson

6 comentários :

  1. Que lindo!!!
    A gente as vezes foge, mas qdo tem que ser sempre é rs....

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo poeta
    o melhor é mesmo
    correr para o abraço
    e aproveitar cada momento.
    Feliz fim de semana.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir